[ #PlayMe ] The Postman to Heaven ( comentado )

Olá, pessoas maravilhosas que me amam!
Pois é. Voltei.
E, na verdade, eu não ia comentar ESSE filme aqui hoje. 
Meu plano era comentar "Secret Love" pra vocês, que eu acabei de assistir com a minha amiga Cacau e ele é de um gênero muito mais dramático do que vocês estão acostumados á ver aqui e tal, BUT...
Eu já tinha prometido á mim mesma que quando voltasse á comentar filmes pra vocês aqui, esse, do meu AMADO & ADORADO marido JaeJoong seria o primeiro.
Por quê?
Por que ele é delícia de morango. Por que ele é a nona maravilha do mundo. Por que ele faz o meu ciclo menstrual se desregularizar. Por que ele #arraza e pronto, e eu tenho sonhos eróticos com o seu corpo nu desde "Mirotic" do DBSK, quando ele rebolava na cara da sociedade gemendo "I got youuuuuu under my skin...", e pá.






E "O carteiro do céu" é aquela coisinha fofa e maravilhosa que vai fazer o coração de vocês se derreterem, por que o JJ está um príncipe gótico/elegante trabalhado no decote, do jeito que Satanás gosta, e a mina que vai fazer o par romântico dele também é uma fofis.
#Adoray ela principalmente por que ela não fica tarando o meu homem e só rola mesmo uma bitoca entre eles no mei dos mato, mas isso já é coisa pra falar depois.
Vamos ao que interessa.
DJ, solta o flashback!



The Postman to Heaven


SINOPSE



JaeJoong é um espirito em reabilitação que precisa servir de ponte entre as pessoas na terra e no céu. 
Segundo a lenda asiática, existe um jovem e bonito rapaz que leva as cartas das pessoas para os seus entes queridos, no paraíso, e ele é este rapaz. Ele faz isso para redimir os pecados da sua alma e conseguir uma segunda chance para voltar, por que sofreu um acidente há algum tempo e está em coma no hospital, então, a sua volta depende do seu sucesso nessas missões.
Mas o JaeJoong faz mais do que isso.
Ele é responsável por aliviar o luto das pessoas que ficaram, pois o luto delas não permite que os espíritos no paraíso descansem. 
Sua última missão é HaNa, mas ela guarda tanto rancor pelo namorado que partiu que se torna uma missão muito demorada e trabalhosa para JaeJoong.
Os dois começam a passar muito tempo juntos, e consequentemente se aproximam.
O problema é: apenas pessoas enlutadas podem ver O Carteiro do Céu, e logo o luto da HaNa começa a desaparecer... E agora?




PERSONAGENS




Shin JaeJoong


Ele era um cara bem sucedido com seu próprio negócio, mas muito egoísta e muito babaca. Por isso ele acabou perdendo tudo, e em seguida se envolveu num acidente de carro que o deixou em coma. Seu espírito, no entanto, recebeu muitas missões para aliviar o sofrimento das pessoas enlutadas e assim se redimir.
É aí que ele conhece HaNa, sua última missão.




Jo HaNa


HaNa é uma jovem aparentemente alegre que esconde um coração amargurado.
Ela acabou de perder o namorado, e só aí descobriu que ele era casado, e a tinha como amante.
A partir de então, ela começa a enviar cartas cruéis para o seu espírito, e é precisamente quando está deixando uma dessas cartas numa caixa de correios que ela conhece o responsável por leva-las ao céu: JaeJoong.



E é isso.
Os dois são os únicos personagens fixos do filme.



[ ATENÇÃO ]:


A postagem á seguir contém SPOILERs.
Por isso, eu não me responsabilizo pelas esperanças e surpresas destruídas.


A gerência



O PRIMEIRO ENCONTRO




Uma das coisas que eu achei mais legais no filme é que o JJ viaja de ônibus, mas não um ônibus qualquer; um ônibus que o trás do céu até a terra.
Dá pra acreditar nisso?
A passagem deve ser cara pakas já que a viagem é quase internacional, nea...
#Aloka.


WHATEVER


Outra coisa realmente interessante é a abordagem da cultura asiática, por que as pessoas lá levam realmente á sério o negócio de mandar cartas para os mortos. E não só isso, mas comida também, e outras coisas.
JaeJoong lê algumas cartas no decorrer do filme, como o de uma mãe para a filhinha que morreu ( que é realmente emocionante! ), de uma filha para a mãe que faleceu, contando sobre a sua vida de casada e da filhinha que acabou de nascer.


Depois de um encontro estranhamente estranho dos dois numa caixa de correio, eles saem para tomar café logo após ele contar pra ela que é "O Carteiro do Céu".
A HaNa não acredita mesmo, mas o #bophe é lindo, com aquela voz orgásmica de quem está morrendo de tesão, então ela dá trela.
Ele oferece pra ela um trabalho relativamente remunerado pra ajudá-lo nas outras missões e ela acaba topando mais por curiosidade do que por outra coisa.




AS MISSÕES






HaNa começa realmente a se envolver com as missões que o JaeJoong dá pra ela, mas é claro que ela é um pouco atrapalhada e volta e meia ele tem que vir ajudar.
Mais de uma vez ele deixa claro que ela não deve se envolver emocionalmente com as missões, no entanto, ela não consegue se controlar e se animada, tomando gosto pela coisa.
Os dois já são amigos agora.




O BEIJO




Enquanto vão buscar mais cartas na caixa de correio que fica lá no meio dos mato, no Acre, HaNa acaba vendo a mulher do seu ex-namorado morto. Ela tinha vindo colocar uma carta pra ele no correio e trazia o filho dos dois pela mão.
Aí é dose.
HaNa fica super-perturbada por ver a mulher e acaba contando que ela é pro JaeJoong.
Isso leva os dois á uma conversa sobre céu e amor, e ele diz pra ela desabafar, então HaNa grita algumas coisas dolorosas para o céu e começa a chorar.
Depois que ela pára de chorar, JaeJoong diz que gostaria de beijá-la.
Os dois ficam embaraçados e acabam discutindo bobamente. 
Em seguida, ele diz que gostaria de ouvir ela falando do futuro mais vezes, e HaNa fica surpresa, por nunca ninguém quer ouvir o que ela tem pra dizer. Ela fala do ex morto. Do quanto ele não se importava com ela, nem nunca estava do seu lado.
JaeJoong pede pra ela ficar então do lado dele.
E os dois se beijam.


Não posso dizer que fiquei com ciúmes, por que o beijo foi tão mixuruca que eu duvido que alguém tenha mexido a boca ali. #CosplayDeParkShinHye
Coitado do JJ.
Ah, se fosse eu... Ia ensinar como as brasileiras beijam, meo bem...
Você ia engravidar com um beijo meo, saka?


Aqui é sexo oral, quiridã...



MUDANÇAS





Eu achei que depois daquele beijinho, as coisas iriam mudar entre esses dois.
Nada.
JaeJoong leva a moça para conhecer o seu "covil" que é, nada mais nada menos, do que um farol.
#Pasmem com a rikeza da criatura.
HaNa fica feliz e tal com o lugar.
Agora eles tem um QG, like a #Batman&Robin.
Até aqui beleza, mas um dia o JJ Wayne decide ir tomar café sozinho onde eles sempre tomavam café, só que a garçonete, nem nenhum outro cliente vê ele, ou seja: o tempo dele entre nós está acabando.
Clima tenso no ar.




A ÚLTIMA MISSÃO






JJ lindo maravilhoso vai ver o senhor enlutado da próxima missão sozinho, e em seguida vai até a caixa de correio no Acre, mas HaNa não está lá.
Ele volta pro farol e a encontra.
Ela está emocionada com as cartas que passou o dia lendo.

Essa é uma cena muito bonitinha, por que aparentemente os dois agora estão apaixonados.
Ele oferece conforto para a tristeza dela, e ela diz que vai escrever sempre pra ele todos os dias quando ele tiver que voltar pro paraíso.
JJ diz que vai ficar feliz com isso.
Ele se sente tentado á contar para a HaNa que tem que voltar, mas não conta.


Os dois se desentendem por causa da última missão, e vão á um café.
Lá, acontece a cena que me fez chorar.

Entusiasmada com a missão, HaNa vai comprar o café para ela e o JJ, mas quando entra na fila e olha para trás, ela não o vê.
Assustada, HaNa volta, e ele está bem ali, sentado, então ela percebe interiormente o que está acontecendo.


O que acontece é: ela está se apaixonando pelo JaeJoong e por isso seu luto está passando.
Em breve, ela não vai conseguir vê-lo mais.



A VERDADE





HaNa foge chorando do café, e o JJ vai atrás dela.
Ele conta que só pode ser visto por pessoas enlutadas, e ela confessa que há um tempo não consegue vê-lo claramente.
HaNa finalmente entende que ele não é um cara louco que tenta ajudar pessoas enlutadas.
Ele, realmente, é como um fantasma.
JJ diz que se HaNa esquecer o ex dela que morreu, ela não poderá mais vê-lo.
Ela chora.
Confessa que está começando a se apaixonar por ele.
Ela não entende. Não quer entender.
É uma cena muito bonita, e muito triste.
JaeJoong chora quando ela se vai.



ADEUS





HaNa e JaeJoong ficam sem se ver, mas acabam se reencontrando na loja do velhinho da última missão que estavam fazendo juntos.
Os dois se desentendem.
JJ conta pro velhinho a verdade, mas HaNa desmente e os dois são expulsos do lugar.
Do lado de fora eles continuam discutindo.
Então acontece.
Ela sai andando, muito nervosa, e JaeJoong a segue, mas quando HaNa se vira para continuar brigando, ela não o vê mais, e ele está lá, bem perto dela.


HaNa volta depois para falar com o velhinho da última missão, e ele diz que JaeJoong tinha vindo visitá-lo antes, e que disse que teria que viajar para longe.
HaNa entende e saí correndo de volta para a caixa de correio que fica no meio do mato.
Ele não está lá.
Sob a voz suave do JJ em forma de uma carta, nós acompanhamos suas despedidas á HaNa e a sua história, que ele finalmente conta para ela.


HaNa vai para o farol.
Ele também não está lá, e em todas as fotos que eles tiraram juntos, ele também não está.
 Como se nunca tivesse existido.
 HaNa aparece sempre sozinha.
Para ela, ele deixou uma carta, então ela entende que ele se foi e que não vai mais voltar.



O RECOMEÇO



JaeJoong chega ao "escritório no céu", onde um cara o espera ( acho que esse cara é Deus... ).
Ele diz que o JJ vai voltar como humano para a Terra e agradece o bom trabalho.
Só que o JJ não fica feliz.
Ele quer saber das suas memórias e das de HaNa. Se os dois ainda vão se reconhecer.
"Deus" diz que ele terá que descobrir.
No caminho de volta, JJ passa por todas as pessoas que ele ajudou, e finalmente acorda no hospital.



Enquanto isso, agora HaNa é uma funcionária brilhante de uma pequena empresa, e ela recebe o trabalho de ir até os correios
Lá, ela reencontra o JJ.
Ele é gentil.
Fica nos dois a sensação de se conhecerem, mas é tão absurdo!
De onde se conheceriam?
Ele se vai, e ela o segue.
A conversa entre os dois é a seguinte;


JaeJoong: "Nós nos... Nós nos conhecemos antes?"
HaNa: "Onde poderíamos... Onde?"
JaeJoong: "Nos meus sonhos, por exemplo... Nos aviões... Num passado distante... Numa caixa de correio em meio á grama verde..."
HaNa: "Em Myungdong..."
JaeJoong: "Num ônibus..."
HaNa: "Num farol..."
JaeJoong: "Ás vezes na Cafeteria Taiti..."
JaeJoong & HaNa: "E por aí vai..."


Os dois sorriem.
HaNa sorri e chora.
Os dois se abraçam no meio dos correios enquanto todas as pessoas olham.



"Após isso, JaeJoong virou um carteiro de verdade. E eu me tornei uma desenhista. Eu pensei que seria ótimo se alguém escrevesse cartas nos cartões-postais que eu desenho. Eu brigo com o JaeJoong ás vezes, por que ele quer ler os cartões-postais das pessoas. E a história acabou...
Se... e se...
Se alguém que você não conhece te perguntar 'Não nos conhecemos antes?', 'Você é a heroína do meu sonho sem fim?', nas ruas, pode não ser só por amizade. 
Aquele homem... Ele pode ser o seu destino."

HaNa








MINHA AVALIAÇÃO FINAL



"The Postman To Heaven" ou "Heaven's Postman", é aquele filme docinho pra você assistir num dia frio debaixo das cobertas.
Não tem grandes atuações, nem grandes cenas, nem vai ser o seu melhor filme.
Mas vale á pena.
Vale muito á pena.
É bom voltar pra quando a gente era mais inocente e talz, assistindo filmes assim, sem pornografia ou comédia forçada, nem dramas.
Só uma história suave com a voz branda do JaeJoong como plano de fundo.
Recomendo pro fim de semana, quando você estiver com preguiça e no tédio.
Recomendo para aqueles de coração doce.
E recomendo pra quem acredita no amor nas mais diferentes formas e estilos, do jeito que apenas a cultura asiática pode nos proporcionar.





Até a próxima.
Sintam saudades.


Beijo da MAMA.




0 comentários:

Postar um comentário

 
Bar da Meia-Noite © 2011 | Designed by Ibu Hamil, in collaboration with Uncharted 3 News, MW3 Clans and Black Ops