[ O.M.Série ] Drácula - S01XE01 - "Sangue é vida" [ PARTE II ]

ATENÇÃO!


O post á seguir contém SPOILER pá c*cete.
Então se não quer ter todas as emoções arruinadas, assista o episódio e depois venha bater um papo comigo.
A equipe do Bar não se responsabiliza por sonhos frustrados.

A gerência








Depois de ressuscitado numa ceninha bem básica em sua cripta, Vlad se torna rapidamente um playboy americano querendo sambar na elite inglesa.
Apesar dos clichês da ressuscitação e do baile de debut pra mostrar pros ingleses que ele andou guardando moedas no próprio porquinho por muito tempo e agora tem money pra comprar um PS4, REALMENTE foi um clichê #DIGNO.
Fugir da tradição não é tão legal em uma história como essa.
Por que se o Vlad tivesse me aparecido numa boate, na época de hoje, eu desligava a TV na hora.


Corta!


E enquanto ele está lá se preparando pra enfrentar os tubarões, e treinando seu sotaque americano ( por que não é fácil deixar o sotaque do leste europeu pra trás, perguntem ao Klaus... ), nos deparamos com essa cena:



Então tá, né?
Deixa ele...



E enquanto o Vlad não chega na balada, somos apresentados á alguns dos personagens que vão ficar á sombra dele durante o restante da série, principalmente Mina, Lucy e Jonathan Harker.
Até aqui tá beleza.
A mansão é O.M.G!
O povo ostentando na riqueza, curiosos pra conhecerem o menino americano e tal...
Então Renfield chama a atenção da galera e apresenta seu mestre, e lá vem ele na passarela.
Pipoca os flashs!


 Toma sociedade!


Só que tudo pára quando ele vê a Mina...




Cenas dele com a defunta, cabelos compridos e tal, chamego na cama...
E...
Parece que a moça sofreu um choque de 2000 volts olhando pra ele também.
Até por que, né, amiga...
Mas o Vlad se recupera logo.
Deseja uma boa festa á todos e vai cumprimentar a mundiça, NÃO ANTES de pedir á Renfield pra fazer uma pesquisa básica sobre a Mina e o Jonathan, né?
E a primeira que ele vai conhecer é a piriguete oxigenada do Clubinho do Dragão, é claro... Por que ele vai envergar muito o bambu nesse mato e precisa desbravar primeiro...
QUE HORROR!




Depois de conhecer os véio que manda na cidade, ele recebe uma sugestiva dica do Jonathan sobre um deles que é um apostador viciado em jogar buraco, e em seguida é apresentado á Mina pelo próprio boboca futuro corno.
E a moça está DESLUMBRADA pelo #bophe chupador de pescoços.
Até diz que achava que eles já se conheciam.
Ele concorda, e com elegância se vai da cena.


He is SEXY and KNOW it


Renfield passa logo os informes dos babados pro mestre contando quem é o Jonathan e a Mina, e em seguida chama atenção da negada e pede pra todo mundo se recolher no centro do salão.
Depois vai dizer pro futuro corno que o Vlad quer dar uma entrevista pra ele no dia seguinte, e é claro que ele topa. Dã!
E o Chupador-Master aparece logo de novo dando lâmpadas pra todo mundo, dizendo que tem uma surpresinha tecnológica pra eles, e á base de física pura e atmosfera eletricamente carregada ( eu era uma aluna BRILHANTE em física ) as lâmpadas começam a acender nas mãos da galera.




Depois do espetáculo, Vlad vem falar com a Mina e acaba sendo apresentado á piriguete lésbica número 2, Lucy.
Com charme ele se despede prometendo ver Jonathan no dia seguinte.
E ele está precisamente refletindo no jardim da propriedade quando a piriguete loira número 1, Jayne, vem dar encima DESCARADAMENTE do rapaz, convidando-o pra uma noite de ópera no seu camarote particular.
Hum...




Se despedindo cordialmente dos convidados ao fim da festa, Vlad é ofendido por um véio SEM FUTURO que diz não só chama o Chupador-Master de charlatão como que ele NÃO vai fazer negócios na Inglaterra.
E eu, quando vi essa cena, tive certeza do destino desse Matusalém aí...




E é.
Preciso dizer: se eu fosse o Vlad aí, tinha feito mais do que espirrar molho de tomate na pilastra da casa do cara.
Mas beleza.
Renfield não fica feliz com a impulsividade do mestre, mas o Vlad está determinado e quem manda aqui é ele.



Um caçador vai até a casa do véio que o Vlad matou e arranca a cabeça dele, então a loira oxigenada piriguete numero 1 leva a cabeça de presente pro líder do Clubinho do Dragão.
Outro 'Melhor-Idade' que eu não sei o nome.
Agora a Ordem da Fênix sabe que tem outro vampiro nas paradas.
#Adoray a menção ao Jack, o Estripador como um vampiro.
Se pensarmos bem, ninguém nunca pegou o cara, as mortes eram realmente macabras e cheias de requintes de crueldade, algumas inexplicáveis... então veio bem á calhar.




Mina na faculdade...
Van Helsing...
Blá Blá Blá...
Adianta pro #bophe Chupador-Master!

 Jonathan vai entrevistar o Vlad e já chega abrindo as janelas da casa.
Ó. Detestei.
Que muleke atrevido...!
Vlad, faz buchada dele!
E como se não bastasse, faz o Vlad queimar a mão na luz que entra pela janela ao ter que cumprimentá-lo.


Jonathan... tu tá na minha lista...!


WHATEVER


A entrevista começa, e muito discretamente o Vlad empurra sua própria poltrona para longe da luz.
Aqui temos uma visão da arrogância e inteligência do Mestre da Noite diante do humano de mente pequena, tanto que Jonathan acaba por tomá-lo por louco.


Toma recalq!


Cenas da Mina na faculdade de novo, desta vez conversando com o Prof. Van Helsing.
Na saída, Vlad vai observá-la, e como não consegue se aproximar da moça de família, por que ele só sabe chegar mesmo em piriguetes oxigenadas, vai atrás de outra presa.
Cenas de mordidas na jugular...
Hummm!...



Vlad vai encontrar a piriguete loira do Clube do Dragão na ópera, e empresta seu camarote pra Mina e Jonathan.
Cenas FORTES á seguir.
Tirem as crianças e os hipertensos da sala.



Quem nunca deu umas bolinadas no escuro de um local público jogue o primeiro rímel da Natura.
E como se não bastasse a safadeza explícita, o Vlad bolina a piriguete, mas tá de olho pregado na Mina, no camarote em frente.
Menino... perversão Nível: Drácula.
#PFVR
Subiu a pressão.
Perai que vou tomar meu Captopril.


PAUSA PRA RESPIRAR


 Os conspiradores do Clubinho do Dragão não estão felizes pelo Sr. Clive ter batido a caçuleta de repente e o Vlad ter comprado a parte dele da empresa, sendo sócio agora.
E enquanto eles destilam veneno, o próprio Vlad está num telhado, observando um deles, o Sr. Laurent chegar em casa.
Cena linda com a esposinha e tudo...


E aqui temos a primeira cena, ao melhor estilo Matrix, do Vlad lutando com o caçador de vampiros que tinha arrancado a cabeça do carinha que ele matou mais no começo do episódio.
E claro que o Chupador Original leva a melhor.
Mas valeu muito a luta da besta contra o caçador nos telhados de Londres.


Não seja dramática, queridinha...


Cenas da piriguete loira número 2 treinando em sacos de areias com facas de manteiga e tal, e percebemos que a #BeehaLouka consumidora de Blondor, têm presa, no porão de casa, uma vampira numa gaiola.
Ameaças de cá, ameaças de lá, ela vai embora e deixa a vampira presa.


Agora, uma cena importante do seriado.
Vlad está em casa e Van Helsing aparece.
É aqui que descobrimos que foi o bom professor que tirou o Chupador Original da sua cripta, anos atrás, por motivos fortes.
Acontece que o Clubinho do Dragão acabou com a felicidade dos dois matando quem eles amavam, então agora eles estão unidos para se vingar.
Até aqui tava tudo lindo.
Mas o professor humano ACHA que pode gritar com o Vlad e continuar com a traquéia no lugar.
E ele só não morre, por que o nosso Vampiro Master tem uma dívida com ele, por ter sido libertado do seu sono eterno, e precisa do HellHell pra continuar seu plano de vingança.
Mas fica bem claro que no momento em que o Vlad não precisar mais dele e estiver com fome...
Bem... acidentes acontecem, não é?





Ao mesmo tempo em que o Vlad está lá baforando na cara do bom professor seu hálito de hemoglobina alheia com algumas ameaças e tal, temos os flashbacks da morte da sua linda Ilona na fogueira, séculos atrás, e dele, assistindo tudo impotente ( por que ainda não era um #bophe chupador de jugulares ).
Enquanto isso, Mina desperta desse mesmo flashback em formato de pesadelo e...
EPISÓDIO ENDs.







AVALIAÇÃO FINAL DO EPISÓDIO


Foi um excelente piloto.
"Drácula" sempre merece o remake, contanto que bem feito, e por enquanto estou aprovando tudo.
O Alexander Graysson/Vlad/Drácula do Jonathan Rhys Meyers é duro, intrigante, elegante, impulsivo.
O perfeito viúvo sanguinário em busca de vingança, e ainda com uma pinta de empresário.
Não houve uma pressão para que ele e a Mina dessem certo.
Ela é a moça ingênua londrina, mas determinada.
A reencarnação da amada esposa morta do personagem principal.
Ele a mantém sob sua vista, mas não invade o espaço pessoal dela. Não tenta se aproximar á todo custo nem fica seduzindo a moça como víamos sempre noutras versões do conto.
Vlad não tem pressa de estar com ela por que ele é um JOGADOR.
Ele sabe que uma hora ou outra vai se aproximar dela, e enquanto isso não chega ele não se ilude que ela seja a sua esposa morta. Ele sabe que ela não é.
Ele mata SIM, por que ele é uma criatura da noite que vive disso.
Ele dorme com outras mulheres SIM, por que o conto vampírico está ainda relacionado com sexo & luxúria.
Ele não é um herói, e faz questão de que o espectador não se esqueça disso.
Ele é o Drácula, e seu objetivo é vingança e prazer próprio.


 Um brinde á isso também...!





naylaelric@hotmail.com

1 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Foi o review/resumo mas engraçado e criativo que vi da série Drácula até agora, parabéns eu realmente adorei. XD Porém foi uma pena a série ter sido cancelada logo na primeira temporada, o lado bom é que ainda está rolando inúmeras campanhas para a série voltar vindo dos fãs pelo mundo.

Postar um comentário

 
Bar da Meia-Noite © 2011 | Designed by Ibu Hamil, in collaboration with Uncharted 3 News, MW3 Clans and Black Ops