[ #TrueStory ] O cara novo... #7 [ FIM ]

Reza a lenda que depois que você beija um 'cara do rock' você nunca mais é a mesma.
E não estou falando de um rokeiro que ouve Beatles e se acha a bala que matou o John Lennon.
Estou falando de um músico.
É.
Um cara que toca algum instrumento e esteve, ou está, numa banda no momento.
Amiga, acredita na MAMA, vai se "O MELHOR BEIJO DA SUA VIDA".




Sim, e o quê isso tem a ver com o Gustavo?


Bem, ele não é um cara do rock.
Ele não é nem o meu tipo.
Mas aquele beijo...
Aquele beijo mudou alguma coisa na minha vida.


Ele me chamou pra entrar no seu apartamento, e eu fui.
Estava chovendo, eu não podia voltar pra casa.
Mandei uma mensagem pra minha mãe dizendo que voltava assim que a chuva passasse.


O apartamento dele é grande, meio bagunçado.
Há livros por toda parte...
Preciso dizer que #Adoray o lugar? Não né.


Ficamos no sofá.
E eu só tenho uma coisa pra dizer á vocês: o cara não cansa.
Nunca beijei tanto um cidadão quanto naquela noite.
Nossas bocas se entendiam.
Ele era atencioso, e carinhoso, mas faltou todo o resto.



Nos entendamos bem, vocês e eu.
Quando eu fico com um cara, eu não só FICO com ele.
Eu quero conversar, e não é COISA DE MULHER.
Quando eu fico com os meus 'caras do rock' eles conversam também.
Temos assuntos, ideias em comum...
Eles me divertem.
  Com o Gustavo eu não tenho nada.


Assim, quando a chuva deu uma pausa, eu fui pra casa achando que tinha algum problema.
Quero dizer...
Eu até tentei conversar com ele, mas o Gustavo não tinha nada pra me dizer.
Sabe quando você está num lugar com outra pessoa, e tenta puxar assunto pra acabar com o silêncio?
Foi exatamente isso que aconteceu.


Então, se ele estava feliz quando eu o deixei, e só eu mesma estava sentindo falta de alguma coisa, o problema era eu, não é?




 Assim, quando cheguei em casa, recebi uma mensagem do Gustavo no meu celular:


"Esqueci de te desejar boa noite.
Boa noite, meu anjo"


Eu não respondi e dormi mal.


No dia seguinte o Ronnie me mandou uma mensagem cedo dizendo que eu não me atrasasse pra gente pegar carona, e não me atrasei.
Como é, sou pontual!
A mensagem é tipo um clichê.
Ele manda, mas sou eu quem fica esperando na praça.


WHATEVER


Enquanto caminhávamos juntos, o Ronnie percebeu que havia alguma coisa errada comigo.


Ronnie: "Hey, o que foi?"
Eu: "Nada. To cansada."


Ele não insistiu.
Ele entendia os meus silêncios.
Foi quando o meu celular tocou e o nome do Gustavo apareceu na tela com o apelido que eu tinha dado pra ele: 

"Babaca Gostosão chamando..."


Resolvi atender:

Eu: "Oi."
Gustavo: "Bom dia... Precisa de uma carona ir pra universidade?"
Eu: "Ãhn... estou indo fazer precisamente isso..."

Ele ficou em silencio por um segundo.


Gustavo: "Está com aquele cara?"
Eu: "Ele é meu amigo, então estou."

Ronnie olhou pra mim.


Gustavo: "Dispensa ele. Vou te levar."


Como é...?


Independente do que vocês acham do Gustavo, e sobre a minha "sensibilidade", vamos deixar uma coisa bem clara: ele é rude.
Ás vezes ele esquece as boas maneiras, e o Ronnie é um amigo importante pra mim.
Então se eu tivesse que escolher entre os dois, quem vocês pensam que eu escolheria?


Não é que eu seja sensível, é que eu me coloco acima de tudo.
E não deixo que nenhum cara me tire do sério, me aborreça, nem seja rude comigo.
Quem me conhece sabe.
Meus amigos homens me tratam como uma princesa.
São bons, gentis, agradáveis e engraçados, então por que eu ficaria com um cara rude?


E sabem como isso funciona na minha vida?
Eu sempre tenho um cara legal pra ficar quando me sinto sozinha.
Então por melhor que o beijo do Gustavo seja bom/ótimo/incrível, não compensa as grosserias dele.


Eu: "Na verdade, estou dispensando você agora."


E desliguei.

1 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Mulher, tenho q dizer. Isso foi broxante. Serio, broxei lendo isso. Bom, na verdade, foi só 50%, o resto foi tipo TU É DIVA! Sou sua fã (não to puxando saco, estou sendo sincera). Ter a capacidade de perceber q algo não vai dar certo e tomar a decisão de se afastar, antes que tudo vire uma bola de neve, é pra poucos. Mas la estava eu achando q viraria um conto de fadas (zueira, só não encontrei a palavra pra descrever), com o cara lindo, gostoso e educado (Ta! Nunca vi o cara, mas e dai?! Na minha mente ele era u-u), era na verdade um ogro. Dou os parabéns por você ter escolhido seu amigo, nem todos fazem isso. Seu amigo tem sorte. Gostei da estoria, mas não desisto de um dia você ainda dizer q viveu um dorama com final feliz. ^^ Bjsss

Postar um comentário

 
Bar da Meia-Noite © 2011 | Designed by Ibu Hamil, in collaboration with Uncharted 3 News, MW3 Clans and Black Ops